segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Changes, changing...


Adoro mudar, adoro mudanças, embora isso tudo possa ser bem assustador. Já tentei mudar muitas vezes esse ano, mas é sempre tempo, como dizia Renato, temos todo o tempo do mundo, ou o tempo que o mundo nos dá, o mundo, essa entidade ambígua; o tempo, essa entidade ambígua. Tenho pensado e falado muito em mudanças. Acho que e uma das palavras que mais tenho falado. Também tenho pensado que a vida não tem mudado tanto (por dentro não como eu gostaria), mas ao mesmo tempo, tem mudado em ritmo até bem acelerado. Deixei de fazer muitas coisas que fazia há pouco tempo atrás, deixei de pensar em muitas coisas que eu pensava com mais frequencia, também. Eu preciso dessa certeza de que as coisas mudarão, ou melhor, de que EU mudarei, porque tudo acontece uma hora ou outra, quando a gente decide mudar pela gente Parece até egoísta isso de mudar por mim, mas é bem assim. Quando a gente dificulta a convivência com as pessoas próximas é pela gente que precisamos mudar, já que se não mudarmos nem que seja o ângulo pelo qual olhamos o mundo, as coisas não andam.  Uma coisa que preciso mudar urgente, aliás, nem tão urgente agora porque já foi pior, é essa sensação de vazio toda vez que a madrugada chega. Bem, não vou exagerar, não é toda vez. Eu até me sinto bem grata por tudo o que eu tenho, apesar dos pesares: tenho meus familiares vivos, tenho um teto, comida, tenho como me locomover, tenho como me comunicar com o mundo, tenho alguém que me ama e que eu sei que pensa em mim com a mesma intensidade ou mais ainda, do que eu penso, tenho afeto, tenho meus livros e existe a música e o cinema e outras coisitas mais que me fazem viajar! O que mais eu posso querer? Daí é que tá... às vezes o que a gente precisa nem é material, palpável, visível, audível... paz de espírito. Isso a gente só consegue se fizer um esforcinho, mudar por você, daí porque isso não é egoísmo. Pois bem, que eu consiga burlar minha ansiedade e angústias não importa o que me aflija, e que todos ao meu redor também alcancem paz de espírito.