segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Tudo está no mesmo lugar: tão bagunçado quanto antes. Pensei que a distância geográfica poderia ser benéfica, que apagaria um pouco de tudo....mas não, não deu muito certo. Esqueci por algumas horas, nada mais do que isso. Pensei que escrever poderia me curar, mas as dores voltam, e isso não é cura não, é masoquismo. Não quero me deixar doer por causa de você, não quero e nem posso!