segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Conexões perturbadoras

Tem certas coisas que me encantam tanto que chegam a ser perturbadoras. Uma delas é ter uma boa memória pra fisionomias. Na confusão do dia-a-dia, sem parafrasear a música do Skank, vejo muitos rostos, e todos os rostos me marcam de alguma forma. Uns eu revejo todos os dias dependendo do horário em que pego a topic, que vou a parada de ônibus...mas às vezes acho inacreditável algumas coisas que me acontecem em relação aos rostos das pessoas. Fico naquela de ver alguém praticamente todos os dias, e muitas vezes penso se a pessoa lembra do meu rosto, e chego à conclusão boba de que apenas as pessoas que me conhecem pelo nome sabem quem eu sou, me reconheceriam em uma multidão, dentro do ônibus ou no meio do shopping. Com o Facebook é mais louco ainda, vejam o que já me aconteceu! Tenho costume de olhar o facebook dos outros, de quem nem ao menos conheço só por olhar, e uma tarde de sábado achei o face de um garoto que eu acredito seja modelo, mora em Fortaleza, estudante da Unifor, enfim, mo pinta de modelo. No dia seguinte eu fui ao cinema com o Gilmax, e vejam só vcs, na hora em que nós dois subíamos a escada rolante para ir pra fila comprar os ingressos, quem eu vejo debruçado no parapeito da escada totalmente distraído, provavelmente esperando alguém?! O mesmo rapaz! Outras vezes pessoas que vejo todos os dias no caminho para a faculdade, na topic ou nas calçadas no Campus, e num dia qualquer, tempos depois, encontro o facebook, descubro que a pessoa é amiga em comum de alguém que eu conheço, e aí mais uma vez me pego pensando no quanto essas coisas são perturbadoras! Outra vez indo ao médico com minha mãe e olhando as ruas pelo vidro do carro vi um homem bem magro, com longos cabelos castanhos, uma barba muito cheia também castanha, vestido numa blusa branca e suada e com um short bem curto, correndo em plena avenida movimentada perto do horário de pico, e certa noite, tempos depois enquanto estou no caixa do supermercado perto de casa, tive certeza de que era ele na fila do caixa ao lado, com a mesma barba, uma camisa também branca, o longo cabelo castanho preso em um rabo de cavalo mal feito! Há alguns meses vejo uma menina muito bonita pegando a mesma topic que eu, já a vi voltando, já a vi indo em várias direções, parando em várias paradas diferentes, e hoje sem nem ao menos lembrar dela, e faz muito tempo que não a vejo, encontrei o facebook dela no de um amigo, e vi que ela tem vários contatos em comum, e isso me espanta de um jeito que eu fico paralisada! Paraliso de encantamento com esse mundo doido tão grande mas tão pequeno!