domingo, 23 de dezembro de 2012

Facebook pergunta

Agora a frase "o que vc está pensando" do Facebook foi substituí-da por "como vai, fulano?", "como está se sentindo beltrano?". Bem, o meu me perguntou agora como eu estou me sentindo. Eu quis dizer que estou completamente arrependida de amar, de sofrer por amor, de querer tanto estar com alguém que consegue escolher não me ver por querer, que não me compreende e nem tenta mais ter paciência com esse meu jeito louco, bipolar, estressado e histérico de ser. Quisera me dar um não, me dar um adeus, me dar um nada como ele me deu hoje, me deixar de vez, me matar dentro dele, eu faria o mesmo, o mataria, o apagaria como Clementine tentou apagar Joely de sua memória. Queria poder rasgar minha pele e tirá-lo de dentro de mim, de dentro da minha pele, de dentro do meu corpo e de todas as extremidades que só ele tocou, de todos os lugares que ele conhece. Quero arrancar vc de mim, ou apenas conseguir te esquecer antes de pegar no sono, mas eu sei que essa dor de cabeça infernal que é por sua culpa que aqui lateja, ela vai me fazer lembrar o quanto eu preciso de vc, o quanto eu queria agora estar envolvida no teu abraço quente, com as tuas pernas enroladas nas minhas, com tua respiração forte no meu ouvido.... que tristeza ter que sentir isso logo quando eu coração despedaça e tudo o que eu queria era sumir, morrer...