domingo, 6 de fevereiro de 2011

O que seria de nós sem os amigos?

Eu estava hoje meio que adiando entrar na net, por preguiça mesmo, e porque eu não estou em casa, e não curto muito ficar olhando meu blog e os blogs amigos com alguém do lado, mas enfim. Abri meu email, e me surpreendi com uns comentários de alguns blogueiros sobre terem visto meio blog através de indicação de uma querida amiga que eu fiz, aqui na blogosfera, a linda Helena Lopez. Corri pra ver o que ela havia feito, e me deparei com uma linda postagem, no blog dela, o BLOG DA HELENA, que muitos de vocês conhecem , e aqueles que não a conhecem , não sabem o que perdem!haha. Pois então, ela havia postado algo sobre mim, e dizia o seguinte:


Que há amigos na nossa blogosfera, nós todos sabemos. Mas, há aqueles amigos que a gente não sabe por que gosta tanto. Uma hora eles aparecem e nós passamos a admirá-los, a sentir a sua falta quando não aparecem, sofremos com eles, rimos com eles e sempre que podemos, queremos apenas um "Oi!" deles.

Eu tenho muitos amigos assim na blogosfera, são vários. Posso citar a Bianca, o Conde, a Verônika, a Flor de Cristal, a Hope, o Luis Nantes, a Rebeca de O Amo, a Fatti e tantos outros que participam comigo, que eu visito e me visitam com frequência. Porém, hoje eu quero falar de um Menina, que eu aprendi a gostar e admirar pela meiguice, pela falata de estabilidade característica de uma pós-adolescência (heje ela está bem, amanhã não está), mas que sempre leva tudo adiante de cabeça erguida, uma pessoa comum, que ri e que chora que sofre e fica feliz como outra qualquer e que por isso, é capaz de encantar qualquer um! Ela tem dois blogs, o Flor Deatinada e o Flor Clandestina.

Convido vocês a visitarem o Blog Flor Clandestina e se maravilhar com as palavras, os textos e os poemas dela. Ela se chama Marcelle ou simplesmente Mah!

A postagem da semana vem deste blog, um texto que retarat um pouco a alga desta Menina, um poema de Clarice Lispector e que eu confesso, li muito pouco desta autora e terei que rever este conceito!



Simplesmente fiquei sem palavras para definir o que eu senti no momento em que eu lia o post, e meu coração sabe o quanto nossa amizade tem sido especial para mim. Comentei no blog dela, que me respondeu aqui com mais essas lindas palavras:


Oi Mah!

Sabe aquelas coisas que você quer entender, mas não consegue e nunca será capaz de netender? Pois é! A minha amizade por ti é assim, não é necessário entedê-la! Mas entender para que, se nos basta ser amigas! Uma amizade não se faz por interesse, por conveniência, ela nasce e pronto, não importa quando e nem por que! Nós somos amigas, simplesmente por que algo maior nos aproximou, assim como me aproximou da Flor de Cristal, da Bianca, do Conde, da Veronika, do Luis Nantes e de tantos outros, e cada um de uma forma diferente e por uma razão diferente. O que importa realmente é que esta amizade, seja sincera e assim como voce diz, que aprende comigo, eu também aprendo muita coisa contigo!

Talvez você não partilhe das coisas em que eu acredito, que somos muitos mais eternos do que parecemos e que se nos encontramos é por que há uma razão para isso, mas eu levo muito em consideração, as palavras que eu um ia ouvi, de alguém que já não estava entre nós (sei que entendes o que falo), que:

A AMIZADE É O ESPELHO DA NOSSA SABEDORIA!
Quanto mais sábios formos, mais amigos teremos!
Sabedoria não é algo que se ganha da noite pro dia, é algo que levamos muito tempo para adquirir!
BJOS
Lena 



Mais uma vez, ela quase me fez chorar de emoção, pois assim como ela, eu também acredito que nada é por acaso, que tudo o que passamos, as pessoas que conhecemos, os amigos que conquistamos, tudo tudo tem um motivo, e que levaremos tudo isso como uma espécie de legado, um aprendizado enorme que fica gravado em nossas almas, nossos eus que levaremos adiante,e que por mais que voltemos como João, Maria, Helena, ou Marcelle, sempre levaremos isso tudo gravado em nossos corações. 

Helena, como sempre, uso as mesmas palavras, mas que são tão sinceras: te agradeço por tudo, pela atenção, pelo carinho, pelas conversas, as palavras, os conselhos todos, os puxões de orelha... TUDO. Você é uma amigona!


Ainda falando em homenagens de amigas, essa semana, uma outra amiga minha, linda e loira, chamada Thaise Aquino, me ofereceu um depoimento no Orkut, que inclusive, me emocionou bastante, principalmente pelo que ela tem passado. Dizia isso:



Um amigo é alguém que nos quer 

assim como somos. 
Alguém muito especial e tão próximo dos nossos 
pensamentos que distancia alguma 
poderá ser longe.
Um amigo é alguém que ao cumprimentar nos faz feliz. Um 
amigo é alguém que nos compreende sem necessidade 
de palavras e permanecem próximos quando 
as coisas não saem bem.
é alguém que está sempre disposto a escutar nossos 
problemas e nos ajudar a solucioná-los.
Obrigado por ser esse alguém!
Te amo Mahma!



Não me importo se é clichê, mas eu simplesmente aaaamo meus amigos, sejam eles próximos ou virtuais... não importa a distância, mesmo que à primeira vista possa parecer um impecilho; não importa a preferência sexual, a etnia, as tendências políticas, a religião ou a ausência de crenças, nada impede dois ou mais corações de serem amigos.


Marcelle Silva