terça-feira, 5 de outubro de 2010

Ou


Sorrir ou chorar: o que faço? Se quando estou feliz tenho rompantes de não acreditar em tanta sorte...sorrir é meu mais precioso verbo, depois de amar.Chorar, mas nem sempre por tristeza, ou não? Tristeza de não ser feliz toda hora do dia.Desejar ou deixar passar é o que tenho em mente, mas o melhor em alguns casos é deixar pra lá...ou não? Escrever ou apenas pensar? Prefiro escrever, mesmo que não seja lida, mesmo que não me entenda ou não queira ser compreendida ou queira fazer bonito ou pagar mico... isso ou aquilo? Vivo nessa constante dúvida, só não um "ser ou não ser" porque acho que sei bem o que.

Ou não?

Marcelle Silva