domingo, 19 de setembro de 2010

"Se te pareço noturna


e imperfeita
Olha-me de novo.
Porque esta noite
Olhei-me a mim,
como se tu me olhasses
E era como se a água
Desejasse..."


Hilda Hilst