quinta-feira, 3 de março de 2011

Como é lindo o amanhecer


Naquele dia, tínhamos bebibo e comido horrores! Estávamos todos bem, eu e meus amigos, e meu amor. Tínhamos pintado nossas emoções em palavras ao vento, em movimentos ao vento, mas tudo estava sob o controle, porque não queríamos ir para casa, não queríamos deixar a rotina de fazer algo inusitado. A companhia era boa, a conversa também, e assim, nos deixamos levar pelas horas que passavam lentas, era o que parecia à primeira vista. Sorrisos se espalhavam pelo chão, amarrotavam nossas gargantas de uma forma gostosa e feliz, como se as estrelas fizessem mais sentido do que o brilho do sol, e resolvemos ver no que daria essa comparação. Juntamos coisas queridas: amizade, embriaguez de corpo e de alma, amor, e o amanhacer na praia. Era mais do que eu queria para mim naquele momento, e me deixei sentar e contemplar o dia que surgia. As cores finalmente fizeram sentido para mim, e o mar me calou. Sinto essa sensação de que o mar diz tudo sem dizer nada, esse silêncio que grita dentro de você as coisas mais lindas de se dizer, e seu olhar agradece.  Como é lindo o amanhacer.

foto: by me.

Marcelle Silva